Gaveta do meu peito

Hoje tudo me vai distante
Como também eu já estive
Mais longe que o amor
Que um dia eu guardei
Porque queria ser mais livre
Tem um lugar aqui
Que já não cabe mais
De tanta coisa de nós
Que eu nunca esqueci
E quando penso em abrir
Cada palavra salta fora
Da gaveta do meu peito
E dança sob a luz do teu sorriso
Toda vez que fecho os olhos
Há um mundo que eu visito
Toda vez que fecho os olhos
Perco um pouco do juízo
Toda vez que fecho os olhos
Ainda penso em te encontrar.

Anúncios

Publicado por

Chico

33, perdas & danos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s